Saúde & Bem-Estar
Pessoas otimistas têm o coração mais saudável
  Os otimistas têm mais um motivo para ficarem mais de bem com a vida: pesquisadores da Universidade de Illinois fizeram um estudo com mais de 5 mil adultos de 45 a 84 anos para examinar possíveis relações entre a saúde do coração e o otimismo. A conclusão foi a de que indivíduos com taxas mais altas de otimismo têm duas vezes mais chances de estar com uma saúde cardiovascular ideal se comparados com suas contrapartes mais pessimistas. O número funciona para o Leia Mais
Sal também representa risco para a diabetes
  O sal, e não somente o açúcar, tem um papel na diabetes, é o que revelaram pesquisadores franceses que chegaram a esta conclusão após estudos de cirurgia para obesidade. Na pesquisa, publicada na revista médica norte-americana “Cell Metabolism”, os cientistas estimam que a descoberta pode levar a novas medidas de prevenção, como a redução do consumo simultâneo de sal e açúcar, que poderiam evitar ou tratar a diabetes tipo 2, por exemplo. Saiba mais. Leia Mais
Excesso de açúcar acelera o envelhecimento da pele
O açúcar, segundo especialistas, é o maior envelhecedor do corpo. Além de oferecer problemas aos rins e pâncreas, o acúmulo de açúcar na circulação é péssimo para a pele. Outro fator que afeta a pele é a ação dos hormônios, para ambos os sexos. O tempo também debilita os músculos. Rugas em torno dos olhos, por exemplo, aparecem pela fraqueza e perda muscular. Para cuidar da saúde e da pele, os especialistas recomendam: fazer musculação para prevenir pe Leia Mais
Parte do cérebro encolhe quando nos apaixonamos
  Neurocientistas do Instituto Nacional de Ciências Fisiológicas, no Japão, observaram o cérebro de jovens apaixonados para saber porque o amor atrapalha o autocontrole e faz uma bagunça tão grande na cabeça das pessoas.   Com o estudo, os pesquisadores perceberam que pessoas que tinham acabado de entrar em um relacionamento eram mais feliz, e tinha uma área específica do cérebro reduzida em comparação aos solteiros.   Essa área é chamada de corpo estria Leia Mais
Consumir queijo pode reduzir risco de ataques cardíacos
  Pesquisadores da Universidade de Graz, na Áustria, descobriram nos queijos uma substância chamada espermina, que pode fortalecer o coração e evitar ataques cardíacos.   Os experimentos com ratos mostraram que a substância promoveu mais longevidade aos bichinhos e melhorou suas funções cardíacas. O próximo passo será testar em humanos. Saiba mais. Leia Mais
Piadas sobre obesidade podem afetar perda de peso
  Um novo estudo realizado no Reino Unido aponta que zombar com a obesidade dos outros pode fazer com que essas pessoas engordem ainda mais. Os cientistas tentaram entender os efeitos do ato conhecido como “fat shaming” (envergonhar por ser gordo, em tradução livre).   Com mais de 3 mil adultos que já haviam sofrido algum tipo de discriminação ligada ao peso, como receber mau tratamento, sofrer piadas de mau gosto e até mesmo ser considerada uma pessoa menos in Leia Mais
Cientistas desenvolvem adesivo inteligente para diabéticos
  O incômodo, que faz parte da rotina de pacientes diabéticos, de picar o dedo para verificar os níveis de glicose no sangue pode virar passado. Isso porque um grupo de pesquisadores do Instituto de Ciências Básicas em Seul, na Coreia do Sul, desenvolveu um adesivo  de dupla função: monitorar os níveis de glicose no sangue, assim como liberar a medicação que diminui as elevadas taxas de açúcar no momento em que ocorrem.   A tecnologia usa grafeno, um materia Leia Mais
Para viver mais, coma um pouco de noz todo dia
  Um estudo publicado no periódico BMC Medicine mostrou que o consumo regular de nozes como noz-pecã, avelã e mesmo amendoim (que tecnicamente é um legume) traz grandes benefícios para a saúde.   Comer apenas 20 gramas de noz por dia foi relacionado com redução de 30% no risco de doenças coronárias, além de menor risco de morte por doenças respiratórias e diabetes.   Isso de deve ao valor nutricional das nozes, que possuem grandes quantidades de fibras, m Leia Mais
Saia do sedentarismo: organize sua semana
  Para sair da zona de sedentarismo, uma pessoa precisa de, no mínimo, 150 minutos de atividades aeróbicas ao longo da semana. Especialistas indicam que esse tempo seja dividido de forma equivalente ao longo de alguns dias, mas o mais importante é que a meta seja cumprida. Você pode optar por se exercitar 30 minutos, cinco vezes por semana, ou 50 minutos em três vezes. Portanto, planeje sua semana. Se estiver com muitos compromissos, tente prolongar nos dias mais tranq Leia Mais
Tirar férias pode salvar sua vida, diz estudo
  Existem vários estudos que mostram os impactos negativos para o corpo e a mente de se trabalhar demais e sem descanso. Um projeto chamado de estudo Framingham, por exemplo, concluiu que não tirar férias aumenta a chance de problemas cardíacos, podendo ser duas vezes maior em pessoas que tiram férias a cada seis anos, se comparado aos que descansam pelo menos duas vezes por ano.   Outra pesquisa também afirma que longas jornadas de trabalho (de dez horas ou mais) Leia Mais
Acompanhe a Torrent
  • Facebook
  • Twitter
  • Torrent Pharma