Notícias
  • Com avanços da medicina, pessoas com síndrome de Down já chegam à terceira idade

    Na década de 1970, a expectativa de vida de uma pessoa com síndrome de Down era de cerca de 20 anos, apenas. Hoje, a média é quase 4 vezes maior. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a expectativa de vida geral no país hoje é de 76 anos.
    Vários fatores contribuíram para o aumento da longevidade das pessoas com síndrome de Down. “Na década de 1920, a expectativa de vida era em torno de 9 anos. Com o advento das cirurgias cardíacas, vacinação, diagnóstico e inclusão, houve um aumento da expectativa de vida para em torno dos 65 anos. Um estudo mostrou um paciente com 77 anos”, diz a geriatra Ana Thereza Schneider, integrante da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG).
    De acordo com pesquisadores e médicos especialistas, os sintomas da velhice que costumam aparecer após os 50 anos na população geral, como a perda de massa muscular e de memória, podem começar a surgir a partir dos 20 anos em quem tem a síndrome. O objetivo é desenvolver uma massa crítica para formar os familiares para a busca da qualidade de vida, bons hábitos de alimentação, atividade física e controle de doenças crônicas que podem surgir durante o envelhecimento. Fazer o mesmo cuidado que temos com os idosos típicos.
     
    Referência:

    https://exame.abril.com.br/ciencia/com-avancos-na-medicina-pessoas-com-sindrome-de-down-ja-chegam-a-3a-idade/ 

    Envie seu comentário:
    Acompanhe a Torrent
    • Facebook
    • Twitter
    • Torrent Pharma